>
<

COMO PODEMOS AJUDAR?


IPDJ promoveu estudo de diagnóstico sobre o impacto da Covid-19 junto das federações desportivas com utilidade pública

O presidente do IPDJ, Vítor Pataco, apresentou os resultados no Conselho Nacional do Desporto.

14/07/2020

De acordo com os dados obtidos, e depois da respetiva análise estatística, o IPDJ verificou que as federações esperam uma diminuição das fontes de receitas, sobretudo de patrocinadores, proveitos provenientes da organização de provas, filiações e autarquias. 24% das federações admitiram ter dificuldade em cumprir com os compromissos financeiros assumidos. 

Para além da perda de receitas das mais variadas fontes, o IPDJ identificou que uma das maiores preocupações das federações reside na dificuldade da retoma dos praticantes à atividade desportiva. Não apenas devido à quebra da oferta, mas também pela diminuição da motivação e da insegurança sanitária (receio de contágio).

No capítulo das Seleções Nacionais e Alto Rendimento, o maior impacto revelou-se na perda de competitividade/ritmo desportivo ou ainda nas despesas realizadas não efetuadas (deslocações aéreas, alojamentos).

O IPDJ vai continuar a implementar medidas que respondam às circunstâncias extraordinárias que afetam o setor e assim recuperar o nível de prática desportiva e a normal capacidade de intervenção. Entre elas:

  • Ajustamento dos quadros competitivos em função das restrições e promovendo a garantia da segurança dos praticantes e do público;
  • Dinamizar uma campanha institucional para a retoma da atividade;
  • Reorientação do apoio ao programa de atividades regulares, privilegiando o apoio aos clubes, aos praticantes, aos agentes desportivos, à criação de recursos que promovam a confiança e segurança nas instalações desportivas, e ao acompanhamento técnico para a retoma das atividades;
  • Reforço da sustentabilidade organizacional.

Este estudo foi realizado entre 16 e 24 de junho, através de um formulário online tendo respondido 78% das federações (45 de um universo de 58).

Para mais detalhes sobre o estudo, aceder aqui.

Atualizado em: 04/08/2020

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica.