>
<

COMO PODEMOS AJUDAR?


Saúde Juvenil

Tristeza, depressão, isolamento e solidão

Sintomas



A tristeza faz parte da vivência do ser humano. Os sentimentos que caraterizam o estado de tristeza podem ser sentidos por um breve período de tempo como, por vezes, se prolongam e passam a afetar as rotinas, tornando-se difícil encontrar motivação para as tarefas diárias. Nestas situações, podemos estar perante uma depressão que deve ser abordada e tratada tão cedo quanto possível. 
 

Sintomas

  • Irritabilidade;

  • Cansaço;

  • Culpa;

  • Auto-desvalorização;

  • Pensamentos sobre a morte e o suicídio;

  • Dificuldades em adormecer ou em dormir várias horas;

  • Falta de motivação;

  • Sentir que a maior parte das coisas é muito difícil;

  • Perda de peso;

  • Ganho de peso.

Tristeza,-depressão,-isolamento-e-solidão

Sinais

Por vezes, os sintomas da depressão não são claros, mas existem sinais que podem sugeri-la e que não devem ser ignorados:

  • Solidão/isolamento;

  • Notas baixas na escola;

  • Comportamentos de risco;

  • Consumo de tabaco, álcool ou substâncias ilícitas.

 

Causas

As causas da depressão mais frequentes nos jovens são:

  • Conflitos com familiares ou com amigos;

  • Mudança de escola;

  • Ser vítima de bullying;

  • Perda de uma relação amorosa;

  • Morte de pessoa próxima;

  • Abuso sexual;

  • Ser alvo de negligência;

  • Factores genéticos ou biológicos que favorecem o processo depressivo.

Seja qual for a causa, é importante que a depressão seja diagnosticada e tratada o mais cedo possível.

 

Isolamento e solidão

As relações sociais são uma componente fundamental da nossa vida. Uma boa rede de amigos, familiares, pessoas que nos dão suporte e que refletem connosco as nossas opções são determinantes no nosso percurso de vida e, por isso, também na nossa saúde mental. A ausência destas relações, ou seja, o isolamento social, é algo que pode acontecer em algum momento da vida, com implicações potenciais para a saúde e o bem-estar de cada um.

É importante diferenciar o conceito de isolamento do conceito de solidão. Embora coexistam muitas vezes, tratam-se de conceitos distintos. A solidão não exclui a interação social, mas as relações que se estabelecem nem sempre são consideradas satisfatórias ou verdadeiras.

A solidão é um factor de risco com forte potencial para a ocorrência de depressão. A perceção de não se sentir integrado no grupo pode gerar sentimentos de vulnerabilidade que aumentam a probabilidade de comportamentos defensivos (não arriscar, permanecer calado, não confiar, etc) e, consequentemente, com mais tendência, para perceber os outros como hostis, o que perpetua o ciclo vicioso.

 

Estratégias

Quando estamos perante fenómenos depressivos, devemos procurar ajuda profissional. Não obstante, o próprio pode simultaneamente potenciar as suas forças e competências pessoais para dar resposta à problemática, pelo que abaixo são elencadas algumas estratégias para lidar com a depressão:

  • Falar com alguém em quem se confia: um dos pais, um professor, um mentor, um membro da família ou um amigo;

  • Auto-ajuda: fazer exercício físico; alimentação saudável; praticar meditação e relaxamento; fazer coisas que dão prazer;

  • Acompanhamento profissional: recorrer a um Gabinete de Saúde Juvenil para obter ajuda de profissionais especializados.


Atualizado em: 26/03/2020

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica.