Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas

COMO PODEMOS AJUDAR?


Jovens recolhem lixo numa área florestal

Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas



O Programa «Voluntariado Jovem para a Natureza e Florestas» promove práticas no âmbito da proteção da natureza, florestas e respetivos ecossistemas, através da sensibilização das populações em geral e da preservação contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental, da monitorização e recuperação de territórios afetados.

 

Objetivos

  • promoção de práticas de voluntariado juvenil no âmbito da preservação da natureza, florestas e respetivos ecossistemas​;

  • sensibilização das populações para a área do ambiente realizadas por jovens​;

  • prevenção contra os incêndios florestais e outras catástrofes com impacto ambiental​;

  • promoção da qualidade das atividades de voluntariado e aquisição de competências por parte dos voluntários/as (soft skills)​.

 

Atividades

  • Inventariação e monitorização de espécies animais e vegetais em risco;

  • Inventariação, sinalização e manutenção de caminhos florestais e acessos a pontos de água;

  • Recuperação de caminhos de pé-posto;

  • Limpeza e manutenção de parques de lazer;

  • Vigilância móvel, a pé ou em bicicleta, nas áreas definidas pelas entidades locais de coordenação;

  • Vigilância fixa nos postos de vigia;

  • Inventariação de áreas necessitadas de limpeza;

  • Apoio logístico aos centros de recuperação de animais selvagens;

  • Apoio logístico aos centros de prevenção e deteção de incêndios florestais;

  • Inventariação e monitorização de áreas florestais ardidas;

  • Atividades de reflorestação;

  • Atividades de controlo de espécies invasoras;

  • Monitorização de rios e ribeiros como forma de recuperação das linhas de água;

  • entre outros.

 

Destinatários/as

  • Jovens com idade compreendida entre os 14 os 30 anos, inclusive;

  • Condições de idoneidade para o exercício do voluntariado para a natureza e florestas.

 

Entidades

  • Entidades constantes do Registo Nacional das Organizações Não-Governamentais de Ambiente e Equiparadas;

  • Entidades constantes do Registo das Organizações de Produtores Florestais;

  • Associações de jovens inscritas no Registo Nacional do Associativismo Jovem;

  • Câmaras Municipais;

  • Juntas de Freguesia;

  • Estabelecimentos públicos de ensino;

  • Estabelecimentos privados de ensino que cumpram o previsto na legislação enquadradora do voluntariado, nomeadamente o previsto na Lei n.º 71/98 de 3 de setembro;

  • Outras entidades, que prossigam objetivos abrangidos pela área de intervenção deste programa, mediante despacho do Conselho Diretivo do Instituto Português do Desporto e Juventude, I.P., doravante designado como IPDJ, I.P.

 

Candidaturas

As candidaturas decorrem, anualmente, entre abril e novembro.

  • As entidades promotoras podem submeter candidaturas na plataforma de programas da juventude com o mínimo de 20 dias de antecedência face à data de início de cada projeto;

  • Os projetos têm duração mínima de 15 dias e máxima de 60 dias;

  • As atividades diárias, em cada projeto, não podem ultrapassar as 5 horas. O horário diário das atividades decorre entre as 7 e as 21 horas, entre abril e outubro, inclusive, e entre as 9 e as 19 horas, nos restantes meses;

  • As atividades podem decorrer todos os dias da semana, incluindo sábados, domingos e feriados;

  • As inscrições dos/as jovens realizam-se até cinco dias antes do início do projeto na plataforma ou durante o projeto, caso existam vagas;

 

Candidaturas para entidades promotoras

As entidades promotoras devem fazer a sua candidatura aqui.

 

Financiamento às entidades promotoras 

As entidades promotoras selecionadas, excluindo as autarquias locais e os estabelecimentos de ensino, recebem um montante calculado com base nos seguintes elementos:

  • Número de voluntários/as;
  • Valor de ressarcimento diário (12€ por jovem).

 

Competências das entidades promotoras

  • Divulgar as atividades;
  • Selecionar os/as voluntários/as;
  • Ministrar a formação específica aos/as voluntários/as;
  • Coordenar as tarefas dos/as voluntários/as e assiduidade;
  • Ressarcir os/as voluntários/as das suas despesas;
  • Apresentar o relatório final até 20 dias úteis após termino da atividade;
  • Apresentar as atividades num evento público promovido pelo IPDJ.

 

Inscrição de voluntários/as

As inscrições realizam-se até cinco dias antes do início do projeto na plataforma.

Os/as jovens, no início do projeto, apresentam à entidade promotora, uma declaração, devidamente assinada sob compromisso de honra, da inexistência de condenação ou sanção aplicadas por crimes contra a floresta e ou ambiente.

Projetos ativos disponíveis aqui.

 

Critérios de avaliação

  • Relevância do projeto para a sustentabilidade dos recursos naturais locais;
  • Relevância do projeto para a comunidade;
  • Contributos dos parceiros locais envolvidos no projeto; 
  • Adequação do projeto aos objetivos do Programa:
  • Envolvimento de jovens na conceção do projeto.
No início das atividades, as entidades promotoras devem informar todas as autoridades locais, nomeadamente os Serviços da Proteção Civil, da localização dos voluntários/as. Se, no decurso das atividades, existirem alterações na localização, também devem ser comunicadas. 

voluntariado-jovem-logo

Atualizado em: 03/06/2022

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde
logos-do-site

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica.