null Conclusões da «Conferência de Juventude da União Europeia» e «Hackathon Solve the Gap»

Conclusões da «Conferência de Juventude da União Europeia» e «Hackathon Solve the Gap»

Aceda ao documento das conclusões deste evento europeu.

30/06/2021

No âmbito da Presidência Portuguesa do Conselho da União Europeia, decorreram, de 12 a 15 de março, em formato digital,  a partir de Vila Nova de Gaia, a Conferência de Juventude da União Europeia e a Hackathon de 48 horas Solve the Gap, com organização do Ministério da Educação e do Conselho Nacional de Juventude (CNJ).

Tendo como lema Juventude para a Europa, Europa para a Juventude: Espaço para Democracia e Participação, cerca de 150 delegados jovens e ministeriais, e representantes de instituições europeias do setor da juventude, trabalharam durante quatro dias, em sete grupos de trabalho, visando propor medidas e ações objetivas  para atingir as metas do Objeto Europeu para a Juventude n.º 9 Espaço e participação para todos.

Nos grupos de trabalho, os participantes tiveram oportunidade de dialogar com decisores políticos de Portugal, Alemanha e Eslovénia, e com representantes do Parlamento Europeu, da Comissão Europeia e do Conselho da Europa.

Entre as várias propostas, os participantes elegeram as seguintes como prioritárias:

  1. A implementação a nível nacional e local de mecanismos de auscultação jovem, como o Diálogo Jovem da União Europeia com a Juventude.
  2. A implementação de um plano de formação de cidadania e ativismo comunitário, com base em metodologias de Educação não formal, para a capacitação de jovens, de grupos minoritários, visando a sua inclusão plena.
  3. A redução da idade de voto para os 16 anos.
  4. A promoção de uma política de utilização fluída dos espaços públicos por jovens.
  5. O desenho de recomendações a nível europeu, para o desenvolvimento de espaços digitais para informação, participação e capacitação de jovens.
  6. A criação de um mecanismo europeu de monitorização das oportunidades de formação e capacitação para jovens em contextos de aprendizagem não formal, alinhado com a Agenda Europeia do Trabalho com a Juventude.
  7. A implementação de programas de educação para a cidadania em parceria com organizações de juventude e da sociedade civil, recorrendo a metodologias de Educação não formal.

Quanto à Hackathon de 48 horas Solve the Gap, decorreu com uma metodologia que visou estimular o uso de ferramentas digitais para aproximação dos jovens aos decisores políticos. Organizada pelo Conselho Nacional de Juventude e o Ministério de Educação, decorreu na plataforma portuguesa de inovação e hackathons digitais Taikai.

Durante 48 horas, jovens inovadores e empreendedores de toda a Europa competiram para ganhar um prémio de 10 000€, desenvolvendo para tal uma ferramenta digital de participação juvenil.

No evento participaram cerca de uma centena de jovens, de 15 países. A equipa vencedora foi a European Youth Energy Network (EYEN), com o projeto European Policy Hub, que irá receber o prémio para continuar a desenvolver a ferramenta, que será integrada no Portal Europeu de Juventude.

Esta iniciativa contou com o alto patrocínio da Comissária Europeia para a Inovação, Investigação, Cultura e Juventude, Mariya Gabriel e com o apoio de várias empresas e parceiros nacionais e europeus.

Aceda aqui ao documento das conclusões.

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde
logos-do-site

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica.