>
<

COMO PODEMOS AJUDAR?


Saúde Juvenil

A consulta de planeamento familiar

Objetivos



O Planeamento Familiar é o meio de proporcionar informação às pessoas que lhes permita decidir o número de filhos que querem ter, quando e se os querem ter.

Isto implica o acesso a informação sobre métodos de contraceção e serviços de saúde apropriados que permitam a vivência da sexualidade de uma forma saudável e segura, bem como o planeamento de uma gravidez e parto nas condições mais adequadas.    

Objetivos do Planeamento Familiar

  • Promover comportamentos saudáveis face à sexualidade;
  • Informar e aconselhar sobre a saúde sexual e reprodutiva;
  • Reduzir a incidência das infeções sexualmente transmissíveis e as suas consequências, nomeadamente a infertilidade;
  • Reduzir a mortalidade e a morbilidade materna, perinatal e infantil;
  • Permitir que o casal decida quando quer ter filhos, o número de filhos que quer ter e o espaço de tempo entre eles;
  • Preparar e promover uma maternidade e paternidade responsável;
  • Melhorar a saúde sexual e reprodutiva do casal e o bem-estar da família.
planeamento_familiar

As consultas de Planeamento Familiar oferecem:

  • Esclarecimento de dúvidas sobre a forma como o corpo se desenvolve e o modo com funciona em relação à sexualidade e à reprodução tendo em conta a idade;
  • Informações sobre a gravidez;
  • Prestam informações sobre anatomia e fisiologia da sexualidade humana e função reprodutiva;
  • Informação completa, isenta e com fundamento científico sobre todos os métodos contracetivos;
  • Acompanhamento clínico e na escolha do método contracetivo;
  • Métodos contracetivos gratuitos;
  • Esclarecimentos sobre as consequências de uma gravidez não desejada;
  • Ajuda na prevenção, no diagnóstico e no tratamento de infeções sexualmente transmissíveis;
  • Rastreio do cancro da mama e do colo do útero;
  • Acompanhamento da gravidez e a preparação para o parto.

O direito ao Planeamento Familiar é garantido a todos pela Constituição da República Portuguesa, pela Lei n.º3/84 e reforçado pela Lei n.º 120/99. Esta Lei determina que os métodos contracetivos sejam fornecidos gratuitamente nos centros de saúde e hospitais públicos. Todas as pessoas têm direito independentemente do estado civil.   

Em caso de informações adicionais, contactar o Gabinete de Saúde Juvenil do IPDJ mais próximo ou telefonar para a linha de apoio Sexualidade em Linha - 800 222 003.


Atualizado em: 26/03/2020

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica.