Observatório da Violência no Namoro - Observatório da Violência no Namoro

null Observatório da Violência no Namoro

Classificação

Tipologias:

Cidadania

Agenda:

Nacional

Destaque:
Não

Informação Geral

Título:
Associação Plano i promove mapeamento da Violência no Namoro em Portugal
Subtítulo:
Recolha de dados até 31 de dezembro.
Entidade Organizadora:
Associação Plano i
Corpo do Texto:

A Associação Plano i efetua anualmente um mapeamento da realidade da violência no namoro em Portugal, através do registo das denúncias efetuadas ao Observatório da Violência no Namoro.

O Observatório da Violência no Namoro é uma iniciativa da Associação Plano i que visa recolher e divulgar informação sobre a violência no namoro em Portugal. Muitas situações de violência no namoro permanecem silenciadas, nunca sendo partilhadas ou reportadas às autoridades competentes. Conhecer a violência no namoro é fundamental para a prevenir e combater.

Qualquer pessoa que viva, tenha vivido ou testemunhado violência no namoro, deverá denunciar a situação, até ao final deste ano, através do formulário.

O questionário é anónimo e a informação partilhada será usada apenas para os fins a que o Observatório se propõe.

Sessões

Data início do Evento:
06-11-2020
Hora inicio:
Data Fim do Evento:
31-12-2020
Hora Fim:

Mais Informação

Imagens

Imagens:
cartaz alusivo ao inquérito sobre violência no namoro

Contactos

Telefone:

(+351) 932 698 756

Email:

direcao@associacaoplanoi.org

Site:

https://www.associacaoplanoi.org/

https://www.associacaoplanoi.org/observatorio-da-violencia-no-namoro/

Redes Sociais

COMO PODEMOS AJUDAR?


DJ Bot  (Em Treino)

SUBSCREVER NEWSLETTER

Newsletter subscrito com sucesso Não foi subscrever o Newsletter. Por favor tente mais tarde
logos-do-site

Utilizamos cookies no nosso site para lhe proporcionar a melhor experiência. Ao continuar a navegar, está a autorizar a nossa utilização destes cookies. No entanto, se pretender saber mais informações, nomeadamente como alterar as suas definições, consulte a nossa Politica.